Pular para o conteúdo principal

Bingo: O rei das manhãs | Recomendação de filme “não hollywoodiano”

Bingo: O rei das manhãs - 2017 - Brasil (+16)

    Olhei as últimas indicações que fiz e reparei que todos tem uma temática um pouco pesada, seja por tratar de guerras ou doença, cada um tem uma boa carga dramática. A escolha de hoje também não fugirá do drama, mas contará com uma boa dose de comédia!
    Vamos começar pelo parte técnica, na direção temos o Daniel Rezende que, apesar de novato na direção, possui um experiência enorme em edição, trabalhando em filmes como Tropa de Elite e Cidade de Deus. No roteiro, temos Luiz Bolognesi outro profissional que admiro muito por seus trabalho com a esposa, a diretora Laís Bodanzky, em especial, O bicho de sete cabeças!
    Falando um pouco do filme, a história é baseada na vida de Arlindo Barreto, o palhaço Bozo, que foi muito famoso na década de 80. Toda a sua carreira, desde a sua vida nos filmes de pornochanchada, passando pela auge como palhaço, até a sua queda são tratados de forma muito próxima da realidade. Muito da qualidade do filme deve ser creditada aos protagonistas Vladimir Brichta e Leandra Leal, além do elenco secundário como Ana Lúcia Torres e com destaque para o jovem Cauã Martins, que interpreta Gabriel, filho do Bozo.
    O longo é muito indicado para quem viveu nos anos 80/90 e lembra como a televisão era um lugar louco, basta lembrar do quadro banheira do Gugu. Bingo é exatamente isso, mostrando como um programa para crianças tinha atrações que deixaria qualquer mãe e pai de cabelo em pé nos dias atuais.
    Não podemos deixar de destacar o final, que não é spoiler por ser amplamente divulgado na vida real, que fala da conversão do Arlindo Barreto, hoje evangélico e que fez questão de que esta mudança fosse mostrada no filme.
    Não posso deixar de destacar a trilha sonora, sob responsabilidade do Beto Villares, que representa bem a década 80, com direito a cenas das antigas fitas K7. O pessoal do Cineset montou a playlist que disponibilizo abaixo:

    Por fim, acredito que depois de assistir o filme talvez uma pitada de curiosidade surja para saber o que é e o que não é real na vida de Arlindo. Vou deixar um link para uma postagem no site da Veja que explica estes detalhes!
    Boa sessão cinema! E não esqueçam de nos acompanhar tanto no Facebook, quanto no Instagram e Twitter!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropa Dercy - 45 - (Crossover) Vingadores: Guerra Infinita

Personagens da DC e Marvel por Bunka | Imagens

Versão Estendida: Piloto - Vingadores: Guerra Infinita

Personagens do Street Fighter por Phu Twenty | Imagens

Tropa Dercy - 39 - Além da Imaginação: Volta ao Passado

Tropa Dercy - 40 - Nascido para Matar