Pular para o conteúdo principal

Sete anos no Tibet | Recomendação de Livro

Título: Sete anos no Tibet
Autor: Heinrich Harrer
Editora: L&PM Pocket
Nº de páginas: 393

:: Sobre o livro
    Recentemente, um amigo da família se desfez de diversos livros, entre eles estava Sete anos no Tibet um livro que eu sempre desejei ler e é sobre ele que vou falar hoje! Um dos fatores que me motivou a ler é que muito antes de eu saber da existência desta biografia de Heinrich, conheci o filme. A história me atraiu pois sempre fui fascinado por histórias de povos isolados e os tibetanos representam bem esse tipo de mistério.
    Em sua biografia, Heinrich se mostra um homem aventureiro, capaz de se desprender de todas as comodidades do período em que vivia na Alemanha para sair em busca de aventura e ser um dos primeiros a escalar os picos mais altos do mundo. Em sua ânsia pelo pioneirismo, Heinrich viaja para o Tibet, mas durante sua viagem, antes mesmo de chegar ao destino, a Alemanha entra em guerra e da noite para o dia ele se torna um inimigo, acabando preso na Índia, que na época era colônia britânica.
    Durante o período em que está preso, Heinrich planeja sua fuga com seus companheiros, sendo que no final, acabam sobrando apenas ele e Peter Aufschnaiter, outro alpinista. Juntos, eles enfrentam uma longa caminhada por terras desconhecidas (na época) na região entre Índia e China, rumando para o Lassa, no Tibet.
    Quando finalmente chegam, Heinrich narra toda sua experiência sobre o cotidiano tibetanos, suas crenças, superstições, sua alimentação e sua maravilhosa hospitalidade. Eles permaneceram um longo período hospedado na casa de uma família rica. Esta permanência, permitiu conhecer a vida familiar dos tibetanos assim como a hierarquia da população.
    Por serem estrangeiros, muitos acreditavam que eles podiam fazer de tudo eram os “quebra-galho” da população, foi graças esse pensamento que Heinrich conseguiu algo que até então nenhum ocidental havia conseguido, que foi conhecer o Dalai Lama, na época um adolescente. Sua experiência inclui as "Olimpíadas" tibetana, o processo de escolha do Dalai Lama e até mesmo a chance de conhecer o famoso Palácio de Potala.
     Em seus últimos anos no Tibet, Heinrich presenciou a fuga do Dalai Lama para a Índia, período em que os chineses invadiram o Tibet e onde permanecem até hoje.
     Este livro é uma fonte de história maravilhosa e talvez o único relato de como era o Tibet antes da invasão chinesa, pois muitas casas que existiam na época não existem mais. São tantos os detalhes que Heinrich conta que fica impossível não se maravilhar e por consequência sensibilizar com a causa tibetana.
    Ressalto um detalhe talvez sem importância, mas que mesmo assim achei que devo citar, o livro foi lançado em 1952, por isso terão uma ou duas passagens rápidas que o autor faz comentários que hoje em dia são mal vistos (politicamente incorretos). Levem em conta que a mentalidade da época era diferente.
    Para encerrar, vou tornar esta recomendação em uma dupla recomendação. A história se encerra com Heinrich saindo do Tibet por causa da invasão da China Comunista. Se você é fã de história, recomendo que leia em seguida um outro livro que indicamos aqui, chamado Adeus, China de Li Cunxin. Nessa biografia, Li fala de sua vida no período inicial da China de Mao Tse Tung, isto é, período iniciado quando Sete Anos do Tibet termina!

:: Curiosidade
    Peter Aufschnaiter demorou cerca de um ano a mais que Heinrich para sair do Tibet e também escreveu um livro, que pelo que pesquisei não existe em português, chamado Peter Aufschnaiter's eight years in Tibet ou, em tradução livre seria algo como 8 anos no Tibet!

:: Outras mídias
    Conforme dito inicialmente, Sete anos no Tibet ganhou uma versão cinematográfica protagonizado por Brad Pitt, em 1997 e como coadjuvante, David Thewlis, atualmente famoso como Ares em Mulher Maravilha ou professor Lupin em Harry Potter!
    Como toda a adaptação, o filme tem alguns acontecimentos e interações diferentes do livro, mas ainda assim é um bom filme!
    Boa leitura a todos e não deixem de nos acompanhar também no Facebook, Instagram e Twitter!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropa Dercy - 51 - Super Campeões

Tropa Dercy - 52 - O Criador do Homem-Aranha: Steve Ditko

Walt Disney - O triunfo da imaginação americana | Recomendação de Livro

Personagens da DC e Marvel por Bunka | Imagens

Tropa Dercy - 48 - Major

Versão Estendida 02: Deadpool 2