Pular para o conteúdo principal

A vida é Bela | Recomendação de filme “não hollywoodiano”

A vida é bela - La vita è bella - 1997 - Itália

    Acredito que nos últimos tempos tenho recomendado bastante filme de Guerra, mas é que das últimas lista que montamos, rendeu muitas boas indicações (felizmente). Mas, o fato de ter muitas recomendações do gênero, não significa que apoiamos as Guerras.

    Falando do que realmente interessa, A vida é bela é uma comédia dramática, dirigida por Roberto Benigni e que também participa no roteiro (ao lado de Vincenzo Cerami) e no papel de protagonista.
    A história é centrada em Guido, um alegre italiano que está de mudança para a cidade grande para poder trabalhar e morar com o tio. Na primeira parte do filme, acompanhamos as idas e vindas de Guido pela cidade, que acaba se apaixonando por uma professora, chamada Dora, filha de uma família rica mas cansada da futilidade da alta classe. É em torno do núcleo de Dora que percebemos as terríveis mudanças na população rica, como o racismo e a aversão à inválidos. Também estão presente os primeiros indícios do nazismo.
    A partir da segunda parte do filme, quando Dora e Guido já são um casal com filhos (isso não é spoiler), é o momento em que o filme ganha uma maior carga dramática, com exemplos de como os judeus eram segregados, com pinturas e avisos nas portas e posteriormente levados para os campos de concentração. Guido acaba sendo levado com o filho e, ao se deparar com a terrível situação, acaba usando de sua criatividade para “enganar” o filho, tornando menos traumática sua estadia nesses campos de extermínio.
    O filme consegue alternar, de maneira muito inteligente e tocante, momentos de alegria e tristeza. É difícil assistir ao filme sem imaginar como foram terríveis esses tempo ou como tiveram coragem de matar pessoas dessa maneira.     A vida é bela venceu 3 Oscars, incluindo o de melhor filme estrangeiro, em que concorreu com o Central do Brasil.         Se você é uma pessoa fã de filme sobre guerra em que o foco não sejam batalhas, mas sim o lado o humano, este filme é a recomendação ideal. Não há cenas de violência explícita, tudo é apresentado de maneira sutil.
    Espero que gostem da recomendação e curtam nossa fanpage, para não perder todas as recomendações!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropa Dercy - 61 - Power Rangers: O FIlme

Capitã Marvel | Trailer, poster e imagens

Glass (Vidro) | Trailer, Poster, Imagens

Churchill e três americanos em Londres | Recomendação de Livro

Wayne de Gotham | Recomendação de Livro

Tropa Dercy - 56 - Motoqueiro Fantasma: Estrada para Danação