Header Ads

1 Litro de Lágrimas | Recomendação de Livro

 
Título: 1 litro de lágrimas (Ichi Rittoru no Namida)
Autor: Aya Kito
Editora: New Pop
Nº de páginas: 198

:: Sobre os spoilers
 
    Por se tratar de um livro biográfico não considero spoilers o que é citado no texto abaixo.

:: Sobre o livro
 
    Sabe aquele livro triste? Que nos emociona e faz refletirmos sobre o quanto nossa vida é boa e reclamamos sem razão? 1 Litro de Lágrimas é isso, um livro pequeno, mas tocante e que nos mostra o quanto outras pessoas passam por problemas reais, relacionados à doenças e o quanto estamos reclamando da vida de barriga cheia.
    1 Litro de Lágrimas é uma história real, escrita na forma de diário por Aya Kito, uma garota que nasceu no Japão, em 1962, e durante sua adolescência descobriu que possuía uma doença chamada degeneração espinocerebelar. Essa doença é bastante rara, mas muito grave, reduzindo gradativamente a movimentação do paciente até levar ao óbito. Aya morreu em 1988 e, até hoje, a doença ainda não tem uma cura.
    Durante a leitura do livro, acompanhamos os relatos da Aya dos 14 aos 21 anos, contando sobre sua família, seus medos e suas dores. É como se fosse possível voltar no tempo e acompanhar o dia a dia da Aya, desde o período em que ela ainda possuía controle dos movimentos, passando por seus acidentes domésticos, perda da voz e movimentos, até sua internação definitiva.
    Os momentos pelos quais a Aya passou e a forma como ela relata, deixa nós, os leitores, com os olhos marejados, são indagações sobre o porquê dela ter sido “escolhida” para ter essa doença e o sentimento de culpa por alterar a rotina de vida da família. Sabemos que ela não tinha culpa por nada, mas nossa empatia nos faz imaginar o quanto ela sofreu não apenas do ponto de vista físico, como emocional.
    A parte final do livro é encerrada com relatos da mãe e de uma médica que incentivou a criação do diário. Além de uma breve explicação do estágio atual dos estudos sobre a degeneração espinocerebelar.
    A encadernação do livro possui cerca de 200 páginas e capa cartonada, é uma edição simples com poucas fotos da Aya no início, mas uma edição de boa qualidade. A compra foi feita há alguns anos e não sei a faixa de valores atual, na verdade não sei se está esgotado, mas é sempre possível encontrar a venda por sebos! Recomendo a compra dessa edição, foi uma leitura gratificante.

:: Outras mídias

Mangá


    Além do livro, existe um mangá de mesmo nome, publicado também pela New Pop, contando uma parte da história que está no livro. Para quem curtiu o diário é uma boa recomendação para sua coleção!

Dorama + Filme


    O sucesso do título rendeu não apenas o mangá, mas também um dorama e filme estrelados pela Erika Sawajiri! Para os menos ligados ao mundo oriental e otaku, dorama nada mais é que séries de TV asiáticas, como Japão, Coreia e China. O termo é originário da palavra Drama, mas na língua japonesa vira dorama.
    Na versão live-action temos a introdução do romance, além de uma dedicação maior no núcleo familiar, explorando a vida e as adaptações necessárias para cuidarem da Aya.
    É preciso destacar que a série realmente faz jus ao nome, usando uma trilha sonora triste e cenas com forte carga dramática, capaz de fazer chorar até os mais resistentes!


    Termino a recomendação de leitura com a frase de Aya em destaque na edição e que acredito que devemos levar para a vida, ainda mais nestes tempo de pandemia:
“O fato de eu estar viva é uma coisa tão encantadora e maravilhosa que me faz querer viver mais e mais.”


Boa leitura!

Nenhum comentário:

Comentários

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.