Pular para o conteúdo principal

Invasões Bárbaras | Recomendação de filme “não hollywoodiano”

Invasões Bárbaras - Les invasions barbares - 2003 - Canadá / França

    A primeira vista, o título do filme pode parecer mais uma obra de épico de guerra como Gladiador ou Tróia. Mas, ao contrário do que aparenta, Invasões Bárbaras é um drama com uma grande dose de comédia por seus diálogos quase sempre relacionados a sexo. Assim sendo, se um filme que trata abertamente deste tipo de assunto ou mostra o uso de drogas pesadas sem censura causam algum tipo de incômodo à você, já aconselho a desistir deste filme.
    Invasões Bárbaras é focada no fim de vida de Rémy, um antigo professor universitário que está muito doente e, para variar, muito arrependido de diversas atitudes tomadas na vida. Um de seus maiores problemas é o relacionamento com o filho, o Sébastien, que sempre condenou Rémy por ser muito mulherengo o que, aparentemente, causou o fim do casamento, apesar da esposa ainda o amar.
    Graças à doença de Rémy, Sébastien descobre através da mãe que na verdade seu pai sempre o amou e se preocupou com ele.
Sébastien decide, então, realizar o que está ao alcance para que os últimos dias de Rémy sejam inesquecíveis. É a partir daqui que o filme fica mais interessante, pois Sébastien reuni dos amigos do pai e eles começam, junto com Rémy, a falar de como está a vida no presente e como foi no passado, com uma ênfase especial na vida sexual de cada um. Ao mesmo tempo, também acompanhamos parte do drama pessoal de alguns dos amigos e como essa pequena e breve reunião servirá não apenas como um adeus a Rémy, mas também para resolver muitas pontas soltas na vida de cada um.    Boa parte do filme ocorre em lugares fechados, porém, há pequenos momentos filmados na bela natureza do Canadá, que nos fazem novamente lembrar que o filme é um drama e que existe alguém morrendo. Este é um ponto positivo da obra, ela consegue alternar entre momentos tristes e alegres de uma maneira bem sutil, te fazendo rir e ao mesmo tempo se emocionar.    Uma dica para quem se interessou é de assistir na língua original, a francesa. E encerro minha recomendação por aqui, qualquer coisa dita a mais estragará a surpresa da história!
    Não deixem de acompanhar nossa fanpage para mais recomendações e boa sessão pipoca!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Guia de leitura para John Constantine: Hellblazer | Cronologia

Recomendação de 10 filmes de Artes Marciais | Lista

Tropa Dercy - 62 - Irmãos à Obra

Churchill e três americanos em Londres | Recomendação de Livro

Capitã Marvel | Trailer, poster e imagens

10 filmes com personagens protagonistas LGBT