Pular para o conteúdo principal

One Punch Man | Resenha

Por: Shelton Silva

:: Ficha técnica - Anime/Mangá
Anime: One Punch Man (Wanpanman)
Estúdio: Madhouse
Episódios:  12 + 6 OVAs    Ano: 2015

Mangá: One Punch Man    Ano: 2012
Escritor: One
Desenhista: Yusuke Murata

:: Resenha
Ando afastado de animes faz um tempo, e não é por má vontade com eles. Até tentei dar uma forçada e acompanhar o hype de Naruto, Bleach e companhia, mas a verdade é que não deu. Ainda que estes sejam muito queridos pelo público não me empolgava o fato de serem muito parecidos com coisas que já vi. Sou da época de Cavaleiros do Zodiaco e Yu yu Hakusho e não me atraía ver praticamente a mesma história de novo.
Bom, isso até ouvir falar de One Punch Man. No início me mantive relutante graças ao rótulo de anime da temporada que pipocava sempre ao mencionarem a produção (sempre fico receoso com essas modinhas). Felizmente, resolvi deixar de ser chato e ver.
A sinopse, como tudo nesse anime, é simples e direta: Saitama é um super herói extremamente poderoso capaz de derrotar qualquer criatura com apenas um soco. Simples assim. Logo no segundo capítulo rola uma cena que resume bem o espírito da animação. Um dos personagens resolve contar para Saitama suas motivações para ter se tornado herói. Então, como já é de praxe, começa um daqueles flashbacks intermináveis. Quando tudo parece que vai desandar para mais um clichê nosso herói explode em um acesso de raiva e como se tivesse ouvido minhas preces grita indignado para o amigo resumir a história em vinte palavras ou menos.
Do ponto de vista técnico a animação vai deixar qualquer um de boca aberta. O visual é relativamente simples e não vai brilhar pelo design dos personagens ou do universo em geral. Porém, casam perfeitamente com a proposta dos criadores de satirizar grandes nomes dos animes (a participação de um alienígena verde e de certo gigante logo no início são impagáveis). As cenas de ação, como é de praxe, nas animações do estúdio Madhouse são um show a parte. Aqui, os produtores simplesmente enlouquecem e entregam uma cena mais épica que a outra. O treinamento de Saitama e Genos já é visualmente uma das melhores coisas que vi em anime. O capricho visual emparelha ao cuidado dedicado aos longas de animação e não a séries semanais. Do lado musical a paulada que abre os episódios ficou a cargo do famoso grupo Jam Project, encabeçado por Hironobu Kageyama (para quem não reconheceu, além de ser o responsável por diversas trilhas de Tokusatsu, também gravou a abertura original de Cavaleiros do Zodíaco), o tema com certeza vai grudar na cabeça dos fãs de J-Rock.
A dublagem brasileira também brilha por adaptar muito bem o texto. O trabalho acrescenta diversas gírias e expressões do nosso cotidiano, remete a feita com Yu yu Hakusho na extinta Manchete.
Rápida, direta, simples e divertidíssima. Isso é a nova aposta da Madhouse. Isso é One Punch Man. Um soco que manda pelos ares todas as tramas rocambolescas e draminhas de novela que andavam rondando animes por ai. Deixando assim o caminho livre para aquilo que importa pancadaria desenfreada de qualidade, piadas toscas, inimigos gigantes e bizarros e muito J-Rock.

E se você quiser saber mais sobre One Punch Man, não deixe de ouvir nosso Tropa Dercy - 20 - One Punch Man.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropa Dercy - 61 - Power Rangers: O FIlme

Glass (Vidro) | Trailer, Poster, Imagens

10 Filmes com a temática de Amizade / Amigos (Dia do Amigo) | Lista

Wayne de Gotham | Recomendação de Livro

Churchill e três americanos em Londres | Recomendação de Livro

Tropa Dercy - 56 - Motoqueiro Fantasma: Estrada para Danação