Pular para o conteúdo principal

All You Need is Kill | Recomendação de mangá

:: Sobre a edição
Título: All You Need Is Kill
Autores: Hiroshi Sakurazaka (história original), Ryosuke Takeuchi (storyboard) e Takeshi Obata (Arte)
Editora: JBC
Nº de volumes: 2
Nº de páginas: 210 (cada volume)

:: Sobre os spoilers
Não há spoilers, apenas breves comentários sobre a obra, para incentivar a leitura.

:: Sobre a obra
    Para começar a falar de All You Need Is Kill é preciso começar elogiando o traço que pertence ao mangaká Takeshi Obata. Sua importância é tão grande que na capa seu nome aparece em destaque em relação aos outros artistas. Quem já leu Death Note sabe do que estou falando e ainda ressalto o cuidado com que ele desenhou alguns cenários que não são do Japão.
    Falando um pouco da história, temos como protagonista o Keiji Kiriya, um jovem soldado das forças especiais de combate que tentam impedir os avanços dos mimetizadores, criaturas que invadiram a Terra. Kiriya percebe que está preso em um loop, fazendo com que após cada morte em batalha, ele retorne a um mesmo momento do dia anterior.
    Sabe quando você está jogando algum daqueles jogos de tiro em 1ª pessoa e ao morrer você volta para seu último save? A ideia dos loops na história é esta, inclusive, depois de eu pensar nessa explicação o próprio mangá acaba explicando desta forma. A grande vantagem do loop é que a cada vez que Kiriya volta para o “início”, todo o sua experiência da vida anterior o acompanha, tornando-o mais forte e deixando-o cada vez mais parecido com Rita Vrataski, conhecida como Valquíria, a mais experiente e admirada membro das forças dos EUA que combatem os mimetizadores.
    All You Need Is Kill é um mangá curto, como apresentado no início, só possui 2 volumes e poderiam ser mais, até para explicar mais sobre como tudo começou, a origem do mimetizadores e tudo mais, este foi o único ponto fraco, como já disse anteriormente, em outros textos, gosto bastante de histórias que explicam tudo, mas admito que essa “falta” de detalhes não prejudica a obra.
Se você é um/uma grande fã de histórias com futuro apocalíptico, personagens que utilizam armaduras, armas gigantes e gosta de muita ação, este mangá é uma boa recomendação e bem rápido de ler.

:: Outras Mídias
    Este mangá foi adaptado por Hollywood, em 2014, e recebeu o nome de No Limite do Amanhã. Nos papéis principais, temos Tom Cruise e Emily Blunt. A nota do IMDB é boa (7,9), mas não posso afirmar se a obra é fiel ao mangá.
Espero que gostem da recomendação e boa leitura!
Curtam nossa fan page! E não esqueçam de acompanhar nosso podcast!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Guia de leitura para John Constantine: Hellblazer | Cronologia

10 filmes com personagens protagonistas LGBT

Tropa Dercy - 62 - Irmãos à Obra

Wayne de Gotham | Recomendação de Livro

Churchill e três americanos em Londres | Recomendação de Livro

Capitã Marvel | Trailer, poster e imagens