Pular para o conteúdo principal

Diretor: Bryan Singer

Bryan Singer, o diretor de X-men! Nascido em Nova York, Singer se formou na USC, a mesma universidade de outro famoso diretor, Robert Zemeckis!

Começou sua carreira com o curta metragem "Lion's Den", em 1988, que contava com a participação de seus amigos, entre eles alguém que realmente se tornaria um ator: Ethan Halke.
Somente em 1993 ele dirigiu seu primeiro longa, chamado "Public Access", o filme parece não ter sido exibido no Brasil, dado a falta de um nome em português. Sendo bem sincero, não o conhecia também!
Dois anos depois, ele lança seu melhor trabalho até hoje, "Os suspeitos". Este filme é um daqueles que te prendem do começo ao fim, ainda mais por utilizar de flashbacks para contar a história. O longa conta com grandes nomes do cinema, como Kevin Spacey e Benicio Del Toro.
Em 1998, ele dirigiu o filme "O aprendiz", com um dos meus atores favoritos: Ian McKellen. A história é focada em um adolescente que descobre que seu vizinho é um fugitivo nazista e passa chantageá-lo, ameaçando entregá-lo a polícia caso ele não revele histórias dos tempos de guerra.
Entre 2000 e 2002, ele trabalhou em um dos seus mais famosos projetos até hoje: "X-men" e "X-men 2". Podemos considerar os filmes datados, mas eles tiveram um papel importante em todo o universo de heróis que temos atualmente no cinema. Infelizmente, ele não terminou a trilogia, pois saiu para um novo projeto (que seria melhor nem ter pego).

Vale lembrar, antes de falar do projeto que o fez largar X-men, que ele dirigiu 2 episódios de "Dr. House" (2004-2012), sendo um deles o piloto!
Chegamos em 2006, e com ele filme ruim... sim, ele largou a chance de encerrar X-men para fazer o "Superman: o retorno". A única coisa que salvou o filme foi a cena do avião, fora isso, nem o Kevin Spacey conseguiu ajudar.
A partir de 2007 a 2013, ele fez dois filmes para televisão e dois para o cinema, entre eles "Operação Valquiria", filme baseado na história real do Coronel Claus von Stauffenberg.
Em 2014, ele voltou aos X-men e dirigiu: "X-men: Dias de um futuro esquecido", baseado na hq homônima e que ainda vamos falar aqui no blog. A história é bem legal pois trata de um futuro sombrio em que poucos X-men estão vivos e para tentar consertar o presente, eles (o Wolverine para ser mais exato) realizam um viagem temporal para tentar corrigir o passado e assim mudar o presente.
Chegamos ao tempo recente, e Bryan dirigiu seu último X-men (ao menos por hora), "X-men: Apocalipse". Filme bastante criticado pelo público leitor de quadrinhos, assim como o anterior, porém, o público em geral parece ter gostado, a nota dele no IMDB é 7,1.
Em geral eu gosto bastante dos filmes do X-men, mas sei que eles são bem medianos. Um dos problemas que mais me causam incômodo são a falta de ordem, se analisarmos cada um dos filmes, percebemos que não "batem" as datas, mas isso fica para um outro post! Por hora, sabemos que ele está trabalhando muito, não só como diretor, mas também como produtor. E, ele ainda não abandonou X-men, ele está dirigindo o episódio piloto do "The Gifted", série ligada aos filmes.
Hora das recomendações! Claro que terá X-men, vejam o primeiro filme, mesmo sendo "datado" e também "X-men: dias de um futuro esquecido". Mas, o mais importante de tudo, assistam "Os suspeitos". Boa sessão cinema!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Recomendação de 10 filmes de Artes Marciais | Lista

Capitã Marvel | Trailer, poster e imagens

10 filmes com personagens protagonistas LGBT

Tropa Dercy - 62 - Irmãos à Obra

Guia de leitura para John Constantine: Hellblazer | Cronologia

Arte com Star Wars por David Kraig | Imagens